DICAS PARA O CONSUMIDOR
Produtos Dietéticos
O consumidor precisa prestar muita atenção nos rótulos das embalagens para descobrir realmente a quantidade de calorias que cada produto contém, pois só assim ele conseguirá saber em que quantidade eles podem ser consumidos. O fato de um produto ser diet ou light não significa que ele está isento de calorias e, conseqüentemente, poderá ser consumido sem restrições.

Os produtos dietéticos não devem levar açúcar na composição. Eles normalmente são consumidos por pessoas que seguem uma dieta com restrição à ingestão de açúcar. Mas, isso não significa que esses produtos não possuem calorias ou não engordam. Nesses produtos, o açúcar é substituído por outra substância que dá o sabor doce ao alimento. Apesar de não fazerem mal ao diabético, essas substâncias contém calorias.

Os próprios fabricantes, de certa forma, induzem as pessoas ao erro ao estamparem nos rótulos de seus alimentos as palavras diet, light e sugar free. Esses produtos são realmente, bons aliados em dietas, mas não podem ser consumidos em excesso. Quem consome estes produtos está, de fato, consumindo menos calorias por unidade do produto. Mas, é claro que, quanto maior for o consumo desses produtos, maior será a ingestão de calorias.

Alimentos Lights – São aqueles com redução de calorias na sua composição em relação ao alimento original (menos gordura ou açúcar).

Alimentos Diet – São os destinados a dietas com restrição de nutrientes devem ser exclusivamente empregados para controle de peso.

Para quem não quer engordar ou precisa perder peso é bom lembrar que os alimentos chamados diet podem ajudar, mas sozinhos não fazem milagre. Na verdade, diet (segundo Portaria nº 41, de 12105/95, regulamentada pelo Ministério da Saúde) é uma palavra que caracteriza todos os alimentos que tenham redução de 40% de calorias (e light 25%), seja em forma de proteínas, carboidratos ou gorduras. Por isso é que nem todo produto diet é necessariamente um alimento sem açúcar.

A verdade é que o sucesso desses alimentos tem levado ao uso indiscriminado, tanto por quem quer emagrecer quanto pelos diabéticos, gerando uma série de confusões em torno do tema. Considerados bonitos, gostosos e politicamente corretos, os alimentos nas versões diet e light ganharam corredores inteiros nos supermercados e mais espaço nos armários dos consumidores. Hoje é possível encontrar de tudo, nessas categorias, nos supermercados de todo país. O consumidor tem à sua disposição produtos diet e light que passam por pães, biscoitos, chocolates, bolos, geléias, sopas e até macarrão, alimentos que são usados no dia a dia de qualquer família, e ainda com várias opções de sabores.

Consumidor: Procure ler os rótulos, se informe e não se deixar enganar. É seu dever saber o que está consumindo.
retorna  
Índice de Dicas